Hinos da Mocidade Alegre

Hino da Escola

Por ti darei a minha vida escola querida
Sempre honrarei as cores do seu pavilhão
Ah… Já foram tantos carnavais
Ah… São tantos bambas imortais

Tú és orgulho dos sambistas nessa jornada
Lugar aonde o samba fez a sua morada
Sempre irei te amar
Deixe quem quiser falar
Só sei que o meu peito irradia
Quando ouço minha bateria
E vejo o povo cantando
Chegou a nova campeã

Lá vem ela
Pra deslumbrar a passarela
Mocidade Alegre é a escola do meu coração

Ôôô… Ôôô…
Abram alas que a mocidade chegou

 

Hino de Exaltação

Oh! Meu pavilhão
Enche meu peito de emoção
Deixa girar, é lindo ver
Me orgulho de você

Abrem-se as cortinas
O show vai começar
Arte que fascina
É o ato de dançar

Dupla face em comunhão
Harmonia, sedução
Conivência no olhar
É beleza no bailar

Simplesmente poesia
Esbanjando simpatia
Faz pulsar o coração
Minha paixão
Respeitosamente
É Mocidade o meu pavilhão

 

Hino à Velha Guarda 

Quem acabou de chegar…
Velha Guarda da Morada…

Na frente conduzindo o estandarte
Verdadeiros baluartes
Só de olhar me faz feliz

Na alma a essência de um menino
Desvendando o destino
É razão, minha raiz

Quem acabou de chegar…
Velha Guarda da Morada…

Herança passada de pai pra filho
Vai cruzar o seu destino
No mais lindo caminhar

Já foram compositores e passistas
Harmonias, ritmistas
Velha Guarda vai passar !!!

 

Hino da Ala das Baianas

Gira baiana bonita…
Balança o meu coração
É nesse embalo que eu vou, paixão

Gira baiana e vem ver…
O povo de bem com a vida
Com a Mocidade na avenida!!!

O meu vermelho corre em minhas veias
Trazendo garra e determinação
O meu branco traz a paz
Contagiando a multidão
Com o verde a bonança e a esperança
De ser campeão

Que maravilha, vem nessa onda
É tão bonito o seu bailar
Gira baiana colorida
Nessa festa popular